fbpx
Planeja Contabilidade
janeiro 18, 2021

Profissional liberal: Simplifique sua Contabilidade

Se você é um profissional liberal e não entende nada de contabilidade, veio ao lugar certo.

No post de hoje traremos dica para você simplificar a sua contabilidade.

Se você não sabe o que é um profissional liberal, calma! Também traremos a definição dessa profissão 😊

O que é um profissional liberal?

O profissional liberal tem formação técnica para exercer uma determinada atividade. Isto quer dizer que todo profissional liberal exerce uma atividade conforme seus conhecimentos técnicos adquiridos na formação acadêmica.

E fique ligado! O profissional liberal não é um profissional autônomo, há diferenças entre eles, inclusive já criamos um post que fala detalhadamente das definições e distinções entre cada uma delas.

Essas profissões são regulamentadas e legalizadas conforme legislação própria de cada área, logo, são representados por determinados conselhos ou sindicatos.

Outro fato bastante interessante é o da possibilidade da existência de vínculo empregatício. Ou seja, o profissional liberal pode tanto ser autônomo (praticar as atividades em nome próprio) ou ser empregado e exercer as atividades representando uma pessoa jurídica.

Ainda está difícil de visualizar? Te damos exemplos: médicos, advogados, psicólogos, arquitetos, engenheiros e muitos outros.

Agora que você já sabe o que é um profissional liberal, vamos a uma parte mais técnica.

O PROFISSIONAL LIBERAL É OBRIGADO A TER UM CNPJ?

Agora que já sabemos o que é um profissional liberal, vamos a parte contábil.

Se você está pensando em se tornar um ou já exerce essa profissão, saiba que não é obrigatório a ter o CNPJ para atuar como profissional liberal, mas é aconselhável, tendo em vista que a sua inscrição pode gerar diversos benefícios, vejamos algumas delas:

  • Tributos: A alíquota do Imposto de Renda de Pessoa Física pode chegar a 27,5%, enquanto a soma de todos os tributos da pessoa jurídica não chega nem a metade desse percentual. Diferente do que muitos pensam, a inscrição perante a Receita Federal pode trazer uma economia tributária.
  • Crédito em banco: Outro mito, é muito mais fácil conseguir aprovação crediário em banco como pessoa jurídica, do que como pessoa física.
  • Imagem de confiança: Como pessoa jurídica é muito mais fácil passar uma credibilidade para seus clientes, tendo em vista que além de ser mais profissional, você poderá emitir nota fiscal e boleto.
  • Aumento no faturamento: Por passar uma imagem de confiança e melhorar as formas de faturamento, o profissional liberal que possui CNPJ consegue ter mais oportunidades de contratação.

Como é a contabilidade de um profissional liberal com CNPJ?

O mais correto e indicado é contratar um profissional contábil para esclarecer todas essas dúvidas. Contudo, para ajudá-los a sanar algumas delas, vamos falar sobre as obrigações fiscais e contábeis de um profissional liberal com CNPJ.

Exemplos dos tributos que o profissional liberal deverá recolher?

  • Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ);
  • INSS;
  • Programa de Integração Social (PIS);
  • Imposto Sobre Serviços de qualquer natureza (ISS).

Mesmo que atue sozinho, é importante o profissional manter um controle do que precisa ser pago, bem como suas datas de vencimento, uma vez que deixar de pagar tributos pode gerar uma grande dor de cabeça.

Outro fator que merece atenção é o cálculo dos impostos, é importante não os efetuar erroneamente para combater aplicação de penalidades e multas. Por isso, o serviço de contabilidade é ideal para eximir-se de quaisquer riscos.

Além deste ponto, o profissional contábil ajudará a escolher o melhor regime tributário que o possibilite a pagar alíquotas de tributos menores.

Quais são os enquadramentos tributários?

Quando o profissional libera abre a sua empresa “CNPJ”, precisa escolher entre os três regimes tributários:

  • Lucro Real: os impostos incidem diretamente sobre a receita bruta
  • Lucro Presumido: Presume-se o lucro da empresa, conforme faturamento anteriores, a faz o cálculo dos tributos em cima dessa presunção.
  • Simples Nacional: este regime é exclusivo para pequenas e Microempresas e Empresas De Pequeno Porte (EPP). Aqui há diversos benefícios, como a redução das alíquotas.

Mas, para entender a fundo sobre o tema é imprescindível a contratação de um escritório ou profissional contábil.

Somente ajuda dele, que o profissional liberal conseguirá proteger-se de riscos, escolher o melhor regime tributário, como organizar as obrigações acessórias e pagamentos de tributos. Muitos caem em situações complicadíssimas, pois acham que a parte tributária é apenas recolher os impostos, deixando de cumprir todas as obrigações acessórias reguladas por lei.

Portanto, se você já um profissional liberal com CNPJ ou pensa em abrir um, corra para falar com uma contabilidade antes que você caia nas mãos do fisco.

Espero que tenham gostado do texto de hoje.

Abraços e até a próxima 😊

Escrito por Jussara D'Aloia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

CNPJ: 32.449.756/0001-09
Rua Tupã, 305 - Bairro Senador Salgado Filho Marília - SP
CEP 17502-275
CRC 2SP040293/O-6
© 2020 - Planeja Contabil Online
crossmenuarrow-down
Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram